(11) 3266-6342 | (11) 9-5689-9922 (whatsapp)
·
contato@andereneto.adv.br
·
Seg - Sex 09:00-18:00

Ao admitir atraso por 3 anos, locador perde direito de exigir cumprimento de contrato

O costume, a repetição de uma conduta, não revoga por si só a lei, mas pode ocasionar a perda da eficácia de uma obrigação ajustada em contrato. Sob essa premissa, a Câmara Especial Regional de Chapecó manteve sentença que negou a duas locadoras o direito de cobrar juros por atraso no pagamento de aluguéis por parte do locatário.

Em contrato de cinco anos, acordado para pagamento mensal no dia 5, o locatário adimpliu sua obrigação por 36 meses consecutivos somente no dia 10 de cada mês. Não houve, naquele tempo, qualquer admoestação por parte das proprietárias, que assim admitiram tal postergação de maneira mansa e pacífica.

“O direito é um fenômeno socialmente mutável”, destacou o desembargador substituto Carlos Roberto da Silva, relator da matéria. Segundo o entendimento da câmara, ao admitir a mora por tão longo período, sem qualquer contestação, as locadoras criaram a chamada “legítima expectativa” no locatário em contraposição à perda de eficácia das disposições contratadas.

“Ora, não se mostra crível que, passado extenso período entre o primeiro vencimento e a propositura da ação (5-5-2009 e 4-9-2013), venham somente agora as apelantes manifestar suas insatisfações, por meio da presente ação, buscando o recebimento de tais valores”, finalizou o relator. A decisão foi unânime (Apelação Cível n. 0004827 53.2013.8.24.0067).

Responsável: Ângelo Medeiros – Reg. Prof.: SC00445(JP)

 

Textos: Américo Wisbeck, Ângelo Medeiros, Daniela Pacheco Costa e Sandra de Araujo

 

Poder Judiciário de Santa Catarina

Posts relacionados

Cadastre-se em nossa newsletter

* campo obritaório

Postagens recentes 2

STJ CANCELA SUMULA SOBRE JUROS COMPENSATÓRIOS NAS AÇÕES DE DESAPROPRIAÇÃO
26 de novembro de 2020
DECRETO Nº 8.806, DE 28 DE OUTUBRO DE 2020.
7 de novembro de 2020
PLANO DIRETOR X CANDIDATOS A PREFEITO
22 de outubro de 2020
× Podemos Ajudar?