AndereNeto

Menu

Moradores não recebem por imóveis desapropriados para Rodoanel Norte

05/05/2016

Moradores da Vila Ana Rosa, no Jaraguá, reclamam que ainda não receberam o dinheiro da desapropriação dos imóveis para a construção do trecho Norte do Rodoanel. Esses imóveis já foram derrubados pelas construtoras que trabalham na nova estrada.

 O trecho Norte do Rodoanel deveria ter sido entregue em fevereiro, pelo prazo inicial, como mostrou o SPTV. O relatório que derrubou a versão oficial foi pedido com base na lei de acesso à informação e revelou que só 41,6% do projeto estão feitos. O trecho Norte só deve ficar pronto em março de 2018.

“Eu tomo remédio para dormir, porque dá desgosto de viver. Eu pagando aluguel, meus filhos pagando aluguel. Cadê o Rodoanel”, afirma Vera Lucia Aparecida, que ainda não recebeu o dinheiro, mas teve a casa desapropriada.

Em Taipas, todos os imóveis de um mesmo quarteirão foram desapropriados para a obra do Rodoanel Norte. Muitos moradores reclamam que mais de um ano depois de sair ainda não receberam nada.

Na Vila Ana Rosa, na Zona Norte, as máquinas param porque há casas no caminho do Rodoanel. Algumas já foram desapropriadas e demolidas, mas outros moradores ficam no meio disso tudo.

“Eles demoliram uma parede e a máquina atingiu a minha cozinha. Ninguém vem falar comigo, ninguém me dá uma satisfação. Ninguém me procura, então eu estou abandonado”, diz Edvaldo.

“Temos uma crise econômica e por causa da Operação Lava Jato, empreiteiras resolvidas, mas o governo do estado está garantindo o dinheiro para executar”, afirma s ecretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni.

A Dersa disse que o atraso na obra acontece porque estão fazendo "desmonte de rochas", um processo que leva tempo pra ser concluído, e que neste momento a obra não exige a presença de muitos trabalhadores. Sobre as desapropriações, a Dersa disse que disponibiliza atendimento a todos os moradores.

Fonte: G1 Globo em 04/05/2016 13h27